Segunda, 10 de Agosto de 2020 05:19
42 98874-8154
Geral Ganhador

Ganhador do Nobel da Paz 2014 pede prioridade para investimento em educação pública

Ganhador do Nobel da Paz 2014 pede prioridade para investimento em educação pública

18/06/2017 19h22 Atualizada há 3 anos
Por: Redação
Ganhador do Nobel da Paz 2014 pede prioridade para investimento em educação pública
Ativista indiano Kailash Satyarthi foi homenageado na Câmara dos Deputados
por ocasião do Dia Internacional de Combate ao Trabalho Infantil
A Câmara dos Deputados homenageou no último dia (12), em sessão solene, o ativista indiano Kailash Satyarthi, que recebeu o Prêmio Nobel da Paz em 2014 por sua luta contra a exploração infantil e pelo direito à educação. A homenagem ocorreu no Dia Internacional de Combate ao Trabalho Infantil.

Kailash Satyarthi agradeceu a homenagem e elogiou a legislação brasileira de combate ao trabalho escravo e ao trabalho infantil. Ele destacou o papel do Congresso Nacional em garantir um futuro melhor para milhões de crianças do País e pediu prioridade para o investimento em educação pública.


"Nós temos que dar um fim ao trabalho infantil e à escravidão infantil. Nós temos o comprometimento internacional. Eu espero e faço um apelo. O investimento em educação é a chave", afirmou.


Em discurso lido pela deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou que "combater trabalho precoce é romper o ciclo vicioso da miséria e da ignorância em qualquer lugar do mundo, inclusive no Brasil".


O ativista indiano está no Brasil para o lançamento da Iniciativa Global 100 milhões por 100 milhões, campanha com o objetivo de mobilizar 100 milhões de pessoas na luta pelos direitos de 100 milhões de crianças que vivem em situação de trabalho infantil no mundo.


Fonte: Agência Câmara Notícias

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.