Segunda, 23 de Novembro de 2020 14:12
42 98874-8154
Dólar comercial R$ 5,44 0.98%
Euro R$ 6,43 +0.67%
Peso Argentino R$ 0,07 +0.68%
Bitcoin R$ 106.097,48 -0.749%
Bovespa 106.939,92 pontos +0.85%
Economia Economia

Europa pode liberar Boeing 737 MAX somente em janeiro

21/11/2020 16h45
Por:
Europa pode liberar Boeing 737 MAX somente em janeiro
source

Contato Radar

undefined
Lucas Marques

Europa pode liberar Boeing 737 MAX somente em janeiro

Apesar da liberação do Boeing 737 MAX pela autoridade de aviação dos EUA, a FAA, nesta semana, as autoridades dos demais países vem divulgando também sobre suas respectivas recertificações. No Brasil por exemplo, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), já declarou que está nos ajustes finais para liberação.

De acordo com a agência internacional Reuters, a autoridade europeia, EASA, só deve liberar o modelo em janeiro. A EASA espera desenvolver suas análises totalmente independentes, incluindo voos de testes.

Para Patrick Ky, diretor da EASA, todos os estudos indicam a segurança do retorno do 737 MAX ao serviço com segurança, e que já começaram a colocar em prática. Entretanto, a previsão é que só libere em janeiro para os voos comerciais.

Fazendo assim, que a Europa recertifique o modelo depois do Brasil por exemplo, já que a GOL espera contar com o 737 MAX ainda em dezembro para suas operações. As autoridades do EUA, Canadá, Brasil e Europa, formaram uma cooperação internacional para o retorno seguro do equipamento.

Em outubro, a própria EASA já tinha dado indícios que o retorno do 737 MAX poderia acontecer ainda em novembro ( clique aqui para ler ). Portanto, companhias como Ryanair e Norwegian, terão que aguardar mais um pouco para poder contar com o retorno do equipamento.

O post Europa pode liberar Boeing 737 MAX somente em janeiro apareceu primeiro em Contato Radar - Notícias de aviação .

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.