Quarta, 23 de Setembro de 2020 18:38
42 98874-8154
Telêmaco Borba Telêmaco Borba

Pesquisa vai subsidiar ações para a retomada econômica de Telêmaco Borba

Até o próximo dia 17, empresários podem participar da pesquisa ‘Impactos Econômicos da Covid-19’ e contribuir com o plano

11/09/2020 11h37 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação Fonte: SEBRAE/PR
Foto: divulgação
Foto: divulgação

Empresas de micro, pequeno e médio porte e microempreendedores individuais de Telêmaco Borba, na região dos Campos Gerais, estão participando da pesquisa ‘Impactos Econômicos da Covid-19’. O levantamento auxiliará na elaboração do Plano de Retomada Econômica de Telêmaco Borba, o Retoma TB. A iniciativa tem o envolvimento do Sebrae/PR, Associação Comercial e Industrial de Telêmaco Borba (Acitel), Prefeitura de Telêmaco Borba, Unicesumar e Sindicato das Indústrias de Serrarias, Carpintarias, Tanoarias, Madeiras Compensadas e Laminadas, Aglomerados e Chapas de Fibras de Madeira e Marcenaria de Telêmaco Borba (Sindimatel).

Conforme o consultor do Sebrae/PR, Emerson Ribeiro Lourenço, o Retoma TB conta com uma força-tarefa para elaborar as ações estratégicas para a retomada econômica, com base nas informações coletadas. “A ideia é pensarmos ações efetivas que gerem impacto em um curto espaço de tempo na economia local, tanto para o órgão público, quanto para as empresas, no que diz respeito ao ambiente de negócios”, explica.

O Retoma TB contará com ações que envolvem desde capacitações até a criação de políticas públicas para fomentar o desenvolvimento local. A estimativa é que sejam executadas entre outubro a dezembro deste ano. “A iniciativa é importante para Telêmaco Borba e para o setor empresarial, que precisa de apoio diante da crise. Os efeitos da pandemia ainda vão se prolongar por algum tempo e precisamos pensar ações para reerguer a economia do Munícipio”, frisa.

O chefe da Divisão de Desenvolvimento Econômico, da Prefeitura de Telêmaco Borba, Josemir Zanetti, diz que o objetivo, com o Retoma TB, é amenizar o impacto da crise, em especial nos pequenos negócios, que tiveram que paralisar as atividades temporariamente e também daqueles que fecharam as portas. “Queremos enxergar novas possibilidades, com ações de impacto, em um curto espaço de tempo”, reforça.

O secretário executivo da Acitel, Ardson Lellis Costa e Silva, ressalta a importância de se preocupar com o futuro da cidade. “É de extrema importância identificar formas de reaquecer o mercado local e saber onde devemos investir. A pesquisa nos dará um norte e nos ajudará a identificar, de forma mais assertiva, quais decisões devem ser tomadas”, comenta.  A visão é compartilhada pelo gestor da Unicesumar e CEO da Castelo Forte Treinamentos a Distância, Jean Mazer.  “Os dados compilados darão as diretrizes para a retomada econômica em Telêmaco. O diferencial do Retoma TB é que serão medidas rápidas”, afirma.

O empresário interessado em participar da pesquisa, que é sigilosa, pode acessar o link e responder as questões. O tempo estimado é de cinco minutos e a estimativa é ouvir entre 300 a 500 empresários.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.