Segunda, 28 de Setembro de 2020 02:23
42 98874-8154
Política Ponta Grossa

Prefeitura: Leandro avalia tendência

Leandro que já foi candidato a Prefeito avalia tendência

12/08/2020 13h12 Atualizada há 1 mês
Por: Redação Fonte: Das assessorias
Foto: divulgação
Foto: divulgação

Depois de fazer seu manifesto quanto a provável presença do empresário, Roberto Mongruel, no cenário político local, Leandro Soares Machado, que pretende disputar cargo eletivo pelo Partido Social Cristão (PSC), falou em entrevista sobre a tendência das candidaturas para a Prefeitura de Ponta Grossa.

“Primeiramente devo dizer que temos a perspectiva de qualidade, visto que praticamente desde o ano passado, desfilam nomes que detém boa presença, no que diz respeito à atuação partidária.

Lembro-me que os primeiros nomes que apareceram, demonstravam uma vontade de se colocar candidatos que bem representassem as agremiações partidárias, porém, como é natural, foi acontecendo um vai e vem de nomes, revelando, na verdade, certa precaução diante do quadro geral do Brasil, acrescentando a isto os problemas gerados com a Pandemia.

Sinto o fervor da ocasião, e isto me leva a entender que nomes como: Márcio Ferreira, Roberto Monguel, Márcio Pauliki, Aliel Machado e Ricardo Zampieri, dentre outros, se mostram como os nomes mais comentados, embora diversos políticos são lembrados e até se fala em frentes de oposição denominadas como populares que podem apresentar gente nova no quadro geral.

Acredito que deveremos ter até doze participantes e penso ainda que não mais do que cinco nomes apresentam melhores condições de disputa”.

O entrevistado que já participou de duas eleições sendo a primeira para Prefeito e depois para Deputado Estadual, ambas pelo extinto Partido Pátria Livre (PPL), abordou ainda o quadro de candidaturas para Vereador.

“Teremos a oportunidade de escolhermos os dezenove vereadores da Câmara Municipal, é bom lembrar que tínhamos vinte e três vereadores. Cabendo aqui destacar que nos meios políticos se fala na desistência entre quatro ou cinco camaristas, significando talvez uma oportunidade para novas participações no pleito.

Confesso que sei de muitas dificuldades que os partidos estão enfrentando, pois a falta de recurso pessoal e a pouca atuação doutrinária dos partidos, resulta em problemas para a garantia do preenchimento das chapas.

Acrescento a este fato a impossibilidade das coligações proporcionais tumultuando as decisões até mesmo quanto aos cargos majoritários. Está questão só poderá ser resolvida quando a escolha do candidato a prefeito e vice, for realmente apoiada pelos candidatos ao pleito proporcional.

É claro que temos pouco mais de trinta dias para as coisas acontecerem e o que se espera de parte dos partidos políticos é a oferta de nomes que materializem um pleito pautado na honradez dos candidatos e apresentação de propostas que não sejam palavras ao vento”. Concluiu Leandro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ponta Grossa - PR

Ponta Grossa - Paraná

Sobre o município
Ponta Grossa, chamada de “Princesa dos Campos Gerais”, geograficamente sendo o 2° Planalto Paranaense, estudos revelam como maior entroncamento rodoferroviário do Sul do Brasil, devido seu potencial de escoamento de produção agrícola e de insumos é o maior polo industrial do interior do Paraná. Como uma população estimada em mais de 300 mil habitantes, com característica universitária, ótima opção para investimentos imobiliários, comércio de bens, serviços e turismo.