Quinta, 13 de Agosto de 2020 13:51
42 98874-8154
A

A emoção do Natal por Emerson Pugsley

A emoção do Natal por Emerson Pugsley

09/12/2019 11h24 Atualizada há 8 meses
Por: Redação
A emoção do Natal por Emerson Pugsley
Foto: divulgação
Estamos em um período festivo. Uma comemoração muito antiga, onde o aniversariante principal é o Homem que faz história – Jesus.

Todos preocupados com os festejos de uma noite. Roupas novas, alimentos diversificados, luzes coloridas, ornamentos, tudo previamente preparado, com muitos presentes embaixo da árvore de natal. Papai e mamãe noel espalhados pelas lojas, passeando em trenós, conquistando crianças e adultos, no sonho de ganhar algo.


No final da festa, um amontoado de papel de presente amassado, caixas vazias, alegrias e decepções e estômago cheio. Sem falar nas dívidas contraídas.


Mas onde fica Jesus em todo este episódio? Talvez, em um cartão recebido e não lido, dormindo no presépio não compreendido, nas mensagens bonitas na teoria, com uma prática totalmente diferente.


A televisão e o comércio em geral, fazem a sua parte direitinho. Contagiam as pessoas a gastarem, por falsos e passageiros momentos de prazer. As ruas iluminadas, escondem os problemas em nossos caminhos.


Agora, imagine que o aniversariante, o mesmo que nasceu em uma humilde estrebaria, dentro de uma manjedoura, junto de  animais, resolvesse chegar em sua casa na noite de natal, aquela que já citei anteriormente, de mesa farta e presentes espalhados pelos cantos, mas com corações distantes de Deus, somente voltados para o consumismo exagerado.


Como você reagiria? O personagem principal esquecido da própria festa. Triste isto não acha? Muitos ficariam religiosos em um piscar de olhos. Outros talvez não percebessem o que estaria ocorrendo.


Atitudes humanas somente, para Aquele Homem acima dos humanos.


Natal não é uma noite isolada no ano, deve ser toda uma vida. Olhe para o verdadeiro presépio, aquele da humildade, do Jesus que não teve um hospital moderno para chegar neste mundo, e mesmo assim, deu sua própria vida pelos habitantes deste planeta, que ao invés de festejarem o significado, preferem comer e beber do nada.


Jesus é o maior presente que já ganhamos, o qual é eterno e concreto, amigo para todos os momentos e ocasiões, alegres ou tristes, e que não encontramos embrulhado em uma caixa com um laço vermelho.


Deixo a todos o desafio, que reflitam neste natal, sobre novos rumos em sua vida, de propósitos renovados, de raivas e ódios esquecidos, da comunhão com os excluídos, de uma vida nova ao lado de Deus, inspirando a viver um ano novo, com conquistas diárias e bençãos sem igual.


“O Natal dos sonhos é aquele que você idealiza no espírito, sente no coração e partilha na solidariedade.” (GISLAINE SCHINEIDER)


Emerson Pugsley, o autor é cronista, formado em Geografia com Especialização em Espaço, Sociedade e Meio Ambiente. Já tem várias publicações em diversos meios de comunicação e participa como colunista voluntário no Jornal Ponta Grossa, desde 2017.

*As declarações expressas aqui, não representam a opinião do Jornal Ponta Grossa. Reservando apenas a opinião e ponto de vista individual do autor.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.