terça-feira, 19 de maio de 2020

Sala do Empreendedor de Ponta Grossa inicia entrega do Cartão Comida Boa para MEIs

Foto: divulgação
A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Sala do Empreendedor, deu início ontem (18) a entrega dos cartões do programa Comida Boa, do Governo do Estado, para os Microempreendedores Individuais (MEIs) que se enquadram nos critérios do programa. 


Cerca de mil MEIs devem ser beneficiados com o voucher no valor de R$ 50, pelo período de três meses, que permite aos usuários a compra de alimentos em comércios credenciados.

Quem é MEI, pode verificar no próprio sistema do programa se está enquadrado nos critérios para receber o benefício pelo endereço http://www.cartaocomidaboa.pr.gov.br/form/beneficiarios.php

Caso sim, basta entrar em contato com a Sala do Empreendedor pelo aplicativo de mensagem ou ligação no (42) 9 9144-9833 para agendar a retirada. A Sala do Empreendedor realizada atendimento de segunda à sexta, das 12h às 17h.

“Para a retirada, será importante a apresentação dos documentos pessoais e comprovante do MEI. O cadastro será realizado apenas para o titular do MEI, não sendo possível a entrega do cartão para terceiros ou representantes. Além disso, o atendimento na Sala do Empreendedor só será feito àqueles que estiverem usando máscara. Será uma ajuda muito significativa para os pequenos empreendedores nesse momento”, explica a coordenadora da Sala do Empreendedor, Tonia Mansani.

Quem pode receber
Para ter direito ao voucher, é preciso ser maior de 18 anos (à exceção de mães adolescentes), ter renda familiar mensal per capita não superior a meio salário mínimo (R$ 522,50) e renda familiar que não passe de três salários mínimos (R$ 3.135). Somente aqueles que estão no CadÚnico, inscritos até a data de 20/03/2020, e com o perfil acima, serão beneficiados. Os beneficiários inscritos no CadÚnico precisam apenas apresentar documento com foto e CPF no local indicado pelo município para a retirada do cartão.

O microempreendedor individual, o contribuinte individual do Regime Geral da Previdência Social (RGPS) e o trabalhador informal de qualquer natureza deverá também assinar uma autodeclaração de que está enquadrado nos requisitos do programa. Não estão incluídos no cálculo da renda familiar os rendimentos do Programa Bolsa Família.

Um comentário:

uma puta could disse...

Tinha que ser de PG.... Todos os CPFs são inválidos para o plano ????

Postar um comentário

GRUPO WHATSAPP

Postagens mais visitadas da semana

FALE CONOSCO

FALE CONOSCO
E-mail: jornalpontagrossa.com@gmail.com Cel.: (42) 98874-8154