segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Ponta Grossa realiza semana de mobilização contra sífilis

Foto: divulgação
A sífilis é uma doença sexualmente transmissível e facilmente tratada. No Brasil tem se apresentado de forma epidêmica e em Ponta Grossa a doença mostra dados significativos. 


Durante a próxima semana, de 14 a 18, a Fundação Municipal de Saúde (FMS), através do Serviço de Atendimento Especializado (SAE) e da Atenção Primária, realizará uma série de atividades para conscientização e prevenção da doença. A iniciativa faz parte da Semana Paranaense de Mobilização para Enfrentamentos da Sífilis.

As atividades dos dias 14 e 16 acontecerão nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) durante o horário de expediente e na praça de atendimento do Paço Municipal, das 10h às 14h, nestes dias os profissionais irão repassar orientações e realizarão testes rápidos. “Com esses testes rápidos o diagnóstico é precoce. Assim que o resultado estiver com a equipe, os encaminhamentos e tratamentos são feitos imediatamente”, comenta o coordenador do SAE, Jean Zuber.

Na quinta-feira (17) acontece um Seminário de Mobilização para Enfrentamento da Sífilis. Esta ação é voltada para os profissionais da área, médicos, enfermeiros e toda a equipe técnica dos serviços de atendimento à população. A atividade será promovida pela Secretaria Estadual de Saúde (SESA).

O último dia de mobilização acontece na sexta-feira (18) onde serão desenvolvidas ações de teste rápido para a sífilis em toda a rede básica de saúde, Centro de Testagem e Aconselhamento e no Siemaco. Não há necessidade de agendamento, sendo a demanda espontânea, portando documento pessoal e de preferência com o cartão SUS.

O teste rápido, nas UBS, é feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, para todos que tiverem interesse. Já no CTA, de segunda a quinta-feira, das 7h30 às 16h30. O coordenador afirma que o procedimento é simples, realizado por meio de coleta de sangue. “É uma forma prática e rápida de acabar com uma possível dúvida”, destaca a enfermeira da Atenção Primária, Adriana Alves.

Dados sobre sífilis em Ponta Grossa 2019
- Sífilis adquirida: 1420 casos (maior público entre 20 e 29 anos, sendo 36,41% dos casos).

- Sífilis em gestante: 45 casos (maior público entre 20 e 29 anos, sendo 54,73% dos casos).

- Sífilis congênita: 73 casos (maior público entre 20 e 34 anos, sendo 65,75 % dos casos).

Fonte: Prefeitura de Ponta Grossa

EU CONCILIO

EU CONCILIO
Eu Concilio - Mediação e Conciliação

Postagem em destaque

Novo Portal da Assembleia Legislativa do Paraná

Assembleia lança novo portal de notícias. Créditos: Orlando Kissner/Alep O novo portal de informações da Assembleia Legislativa do Para...

Postagens mais visitadas da semana

CONTATO

E-mail: jornalpontagrossa.com@gmail.com
Cel.: (42) 9.8874-8154

FALE CONOSCO:

Nome

E-mail *

Mensagem *