domingo, 29 de setembro de 2019

Hospital Municipal de Ponta Grossa ressalta a importância da doação de órgãos

Foto: divulgação
O Hospital Municipal Doutor Amadeu Puppi realizou um evento no último dia (27) celebrando o Dia Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos. O objetivo do evento foi ressaltar a importância da doação de órgãos e mostrar para as pessoas que essa atitude pode salvar vidas.

“Quando acontece a morte encefálica, a nossa equipe de assistentes sociais e enfermeiros dão o suporte que a família necessita”, aponta Regina Aparecida Rodrigues, assistente social do HM e coordenadora do evento. Ela também destaca que uma doação pode salvar a vida de várias pessoas, “são dez órgãos que podem ser doados, caso o doador não estivesse com problemas de saúde, então uma doação pode salvar dez vidas”.

Os dois últimos doadores de órgão no HM de Ponta Grossa participaram do evento, a doação que eles realizaram foi dia 06 de julho de 2016. Floripa Inglês Baranek, junto com o seu filho João Fernando Baranek, tomou a decisão de realizar a doação de órgãos do seu marido. Ela afirma que é uma decisão difícil, porém a atitude ajudou com que outras vidas fossem salvas. “É uma decisão muito difícil, porque na hora a gente fica sem chão. Mas a atitude de fazer a doação pode dar uma nova oportunidade para uma pessoa”, aponta.

O dia 27 de setembro é celebrado como o Dia Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos. Este dia é reservado como um dia para ressaltar a importância da doação e conscientizar a população da prática. Maria Elaine Novaes, coordenadora da CIHDOTT (Comissão Intra-hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes) do HM, afirma que “é muito importante as pessoas deixarem expressa a sua vontade perante seus familiares”. Os familiares do paciente precisam autorizar que a doação de órgãos seja realizada.

Fonte: Prefeitura de Ponta Grossa

EU CONCILIO

EU CONCILIO
Eu Concilio - Mediação e Conciliação

Postagem em destaque

Ponta Grossa realiza semana de mobilização contra sífilis

Foto: divulgação A sífilis é uma doença sexualmente transmissível e facilmente tratada. No Brasil tem se apresentado de forma epidêmica...

Postagens mais visitadas da semana

CONTATO

Telefone: (42) 98874-8154 WhatsApp E-mail: jornalpontagrossa.com@gmail.com