segunda-feira, 3 de junho de 2019

Meio ambiente e ponto final por Emerson Pugsley

Um tema muito discutido, nestes últimos anos, no país e no mundo, agora está próximo de todos nós, pois estamos respirando o ar, ambientalmente “correto”, nesta semana específica, quando no dia 05/06, celebramos o Dia Mundial do Meio Ambiente.

Muito me alegra saber, que podemos novamente, pensar a questão ambiental, a nível local. Temos problemas graves, os quais precisam de soluções e muito diálogo. Por exemplo, a questão do aterro sanitário, o qual segundo estudos, está muito próximo de ter sua capacidade esgotada, transformando-se em uma verdadeira “bomba-relógio”.

A questão do lixo, é muito mais complexa do que parece. Precisamos investir na reciclagem, não em benefício, de uma ou duas pessoas somente, mas em cooperativas sérias e transparentes em seus lucros. Os catadores não podem ser explorados, mas sim, beneficiados, pois são eles que queimam a pele no sol quente.

Os nossos terminais de transporte, precisavam realmente, estruturar uma coleta seletiva adequada, e não aqueles famosos coletores, onde tudo é misturado, no final das contas, ou melhor do expediente. Para mim, isto chama-se visão ambiental urbana. 

As empresas que trabalham, com caçambas de entulhos, de construção civil, devem receber orientações, pois o que percebemos é que muitas delas, estão cheias de lixo orgânico, eletrônicos descartados, etc. E tudo começa na conscientização ambiental, dentro e fora do ambiente educacional. E de nossa própria casa também.

E as nossas verdes áreas, como estão atualmente? Pensando melhor, vejo que não estão bem. As que não foram, destruídas pelos vândalos, estão fechadas para reformas, entulhadas de lixo, arame farpado, cercas metálicas e tudo mais de direito.

Precisamos, olhar com carinho, para as nossas ruas e avenidas, as quais estão repletas de cachorros abandonados, cavalos rebeldes, carros, carroças e pedestres, tentando conviver no mesmo espaço, e com a fumaça da poluição fazendo fundo.

Discutir o meio ambiente, é muito mais, do que plantar algumas árvores exóticas no meio urbano, as quais após alguns dias, provavelmente serão destruídas pelos próprios moradores. É ter a consciência, de que podemos construir uma cidade melhor, com ar puro para respirarmos, água mais limpa para bebermos, alimentos saudáveis para nos alimentarmos.

Senhores administradores municipais, chegou a hora de cuidar do meio ambiente aqui da nossa querida cidade. Chega de descaso e enganos. Precisamos cuidar do patrimônio, o qual deixaremos para os nossos filhos e netos. Somente desta maneira, acredito em qualidade de vida. Uma excelente semana aos leitores!

“Proteger o meio ambiente é garantir um pouco mais de qualidade de vida a todos(as) que neste exato momento estão chegando a este mundo.” (Emerson Pugsley).


Emerson Pugsley, o autor é cronista, formado em Geografia com Especialização em Espaço, Sociedade e Meio Ambiente. Já tem várias publicações em diversos meios de comunicação e participa como colunista voluntário no Jornal Ponta Grossa, desde 2017.

*As opiniões e declarações expressas aqui não representam a posição do Jornal Ponta Grossa. Reservando apenas a opinião e pontos de vistas individuais do autor.

EU CONCILIO

EU CONCILIO
Eu Concilio - Mediação e Conciliação

Postagem em destaque

Operário vence o Guarani pela Série B

Foto: José Tramontin/OFEC O Operário Ferroviário venceu o Guarani nesta terça-feira (20), por 1 a 0, no Estádio Germano Krüger, pela 17...

Postagens mais visitadas da semana

CONTATO

Telefone: (42) 98874-8154 WhatsApp E-mail: jornalpontagrossa.com@gmail.com