segunda-feira, 25 de março de 2019

Onde estão os nossos módulos? por Emerson Pugsley

Já temos por costume e tristeza, observar algumas notícias, sobre a insegurança total, em nossa Cidade de Ponta Grossa. Até o mundo dos mortos é desrespeitado. Um absurdo sem tamanho. Gostaria de refletir, sobre alguns pontos, que a meu ver, são urgentemente necessários, para buscarmos a tão ausente e necessária paz.

A região da Vila Estrela e Jardim América, antes calmas, agora vivendo tempos tumultuados. É a violência, chegando por lá também. Só nestes últimos dias, vários assaltos a residências e apartamentos, deixando para trás, um grande prejuízo aos moradores atingidos. Provavelmente, trata-se da mesma quadrilha de assaltantes, pois a forma de ação é muito semelhante.

Nas proximidades do Clube Guarani, tínhamos em tempos atrás, a presença de um módulo policial. Tive a felicidade, de vê-lo funcionando, com guardas protegendo o local. Após alguns anos, foi desmanchado e em seu local, plantado um arbusto. O que seria mais útil? São fatos, que não entendemos jamais. E justamente agora, esta região, sofrendo com os furtos frequentes.

No centro da cidade, os nossos módulos, foram transformados em lugar para desocupados, depois passaram, a ser comércio do famoso “sanduíche por moeda”, e atualmente, existem ou inexistem, para o nada. Um verdadeiro desperdício, de dinheiro público, em terras princesinas. Gostaríamos, sem sombra de dúvida, de vê-los utilizados pelas autoridades em geral, e desta forma, mostrar que investimos na questão da segurança. Vale ressaltar, que no Parque Ambiental, temos sim segurança em local apropriado, mas é apenas, um pingo de água no incêndio da floresta.

Na região de Oficinas, a praça bem movimentada, abrigava um módulo também abandonado. Enquanto isto, os bandidos de plantão, rapidamente se multiplicando, e criando raízes profundas, em nossa sociedade. E nos outros bairros e vilas, vemos de tudo, menos um local para abrigar, a segurança tão sonhada pela população.

É preciso força de vontade e investimentos, nesta área prioritária. As empresas de segurança, estão fazendo a sua parte, mas a cidade é muito grande. E estes também sofrem com a ação dos marginais. Tempos atrás, tivemos aquele grave acidente, nas proximidades da Rua Paula Xavier, envolvendo um veículo com seguranças. Estavam indo atender a um chamado, e foram atingidos, por outro automóvel, em alta velocidade.

As palavras da vez, são roubos e furtos. Desde um pequeno celular, até aparelhos eletrônicos caros e joias, ou também malote de banco, no centro da cidade. Um pequeno descuido e pronto. Tudo foi perdido. Sem falar nos diferentes golpes e golpistas, incomodando as pessoas ambiciosas.

Também vemos casos estranhos ocorrendo. Depois de vários crimes, estupros, tentativa de assassinato dentro do campus da UEPG, a ótima notícia da instalação de um módulo. Triste e estranho demais ver acadêmicos registrando moção de repúdio e contrários a este ótimo trabalho.

Não podemos ficar inertes, frente aos problemas locais. Como falei no início, precisávamos reconstruir os nossos módulos, e aparelhá-los, com viaturas e funcionários. Talvez, não resolva a questão por completo, mas os ladrões vão pensar mais de uma vez, antes de ficar rodeando aquela região. Uma ótima semana aos leitores.

Emerson Pugsley, o autor é cronista, formado em Geografia com Especialização em Espaço, Sociedade e Meio Ambiente. Já tem várias publicações em diversos meios de comunicação e participa como colunista voluntário no Jornal Ponta Grossa, desde 2017.

*As opiniões e declarações expressas aqui não representam a posição do Jornal Ponta Grossa. Reservando apenas a opinião e pontos de vistas individuais do autor.

Postagem em destaque

Copa Nosso Campinho inicia a segunda fase sábado no Jardim Los Angeles

A 2ª Copa Nosso Campinho tem a primeira rodada da segunda fase programada para o sábado (20) com jogos no campo do Jardim Los Angeles.  ...

Postagens mais visitadas da semana