sexta-feira, 22 de março de 2019

Hospital da Criança entrega mais uma obra para o atendimento infantil

Foto: divulgação
As famílias que estão utilizando os serviços do Hospital Municipal da Criança João Vargas de Oliveira já perceberam as melhorias realizadas em toda a estrutura, desde novas enfermarias, até reforma no Centro Cirúrgico. 
Foto: divulgação
Na manhã de hoje (22) foi entregue a segunda etapa das obras, uma ala inteiramente reformada, este espaço atende os pacientes que chegam através do Pronto Atendimento Infantil (PAI). O PAI foi reestruturado com novos espaços para recepção, acolhimento, triagem humanizada, consultas clínicas (consultórios), sala de emergência (equipada), sala de nebulização, sala de coleta e farmácia ambulatorial (farmácia-satélite). As obras foram realizadas através da Associação Amigos do Hospital da Criança (AAHC) e parceiros.
Foto: divulgação
“O fluxo de pacientes foi redesignado de acordo com as normas da Vigilância Sanitária, com áreas específicas de espera e fluxo unidirecional de pacientes. Também foi reformado, parcialmente, o Serviço de Radiologia, que contará com um novo aparelho de ultrassonografia e novos aparelhos de Radiologia Digital. Com essas mudanças poderemos aumentar o atendimento em até 20%”, destaca a diretora do hospital, Raquel Mocelin.

O PAI do Hospital da Criança funciona 24 horas por dia com três médicos plantonistas e atua em sistema de livre demanda. O número total de atendimentos é variável, no ano de 2017 foi de 42140 atendimentos e sem 2018 este número saltou para 51849 atendimentos, um aumento de aproximadamente 18,5%. “A principal função do novo PAI será a continuidade do atendimento clínico pediátrico em urgência e emergência, agora em um espaço apropriado e melhor organizado, dentro das normas legais e sanitárias, de modo a prestar assistência humanizada e de qualidade”, comenta o médico pediatra Renato Van Bach.
Foto: divulgação
O projeto de interiores da recepção principal foi uma doação da arquiteta Elke Fadel. “Pensou-se numa nova proposta de hospital público, voltado para o infantil, com decoração lúdica, formas geométricas, cores, brinquedos para acolher e tornar aquele momento de consulta ou de intervenção médica um pouco mais suave”, ressalta uma das integrantes da AAHC, Christiane Queiroz. Para a execução deste projeto o hospital contou com o apoio financeiro do Grupo Madero. O valor total da obra foi de R$ 219.673,56 destinado pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela Justiça Federal. Também contou com recursos de doação do Sicredi Campos Gerais para equipar três consultórios médicos. Os demais móveis do PAI, sistema de ar-condicionado e rede lógica foram custeados com recursos do MPF.

Nesta solenidade também foi inaugurado o painel dos ‘Super Amigos do HC’, que são as empresas que participaram dos projetos desde que o MPF e JF firmaram a parceria com a AAHC. As empresas, famílias e clubes de serviço que fizeram doações, vão ter seus logos neste painel. As obras foram divididas em três etapas, a entregue hoje é referente a segunda. A terceira etapa, que será iniciada em breve, conta com recursos destinados pelo MPF, por meio de acordo de leniência, será a reforma de todo o restante do hospital.

“Quando o governo investe na saúde ele está mostrando o respeito e dedicação que a administração pública tem com os moradores da cidade. Hoje nós entregamos mais uma etapa deste hospital, e junto estamos entregando um hospital praticamente novo para a população, tudo de primeira qualidade, pensado para o atendimento de crianças. Esta estrutura aliada ao comprometimento das equipes que aqui trabalham, é o reflexo do empenho e cuidado com nossa cidade”, declara Rangel.

Muitas autoridades estiveram presentes, entre elas o Secretária Estadual de Saúde, Beto Preto, que destacou os avanços da cidade na área da saúde. “É uma alegria estar em Ponta Grossa, aqui a equipe trabalha unida com a comunidade junto com o governador, a cidade está alinhada com o governo de estadual e federal, aqui nós vemos diversas ações positivas e estou feliz em participar de um evento que reformulou o atendimento infantil público. Parabéns a Ponta Grossa”, finaliza o secretário.

Homenagem serviço aeromédico e BPMOA
Na cerimônia também houve homenagem ao serviço aeromédico e ao Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) localizado no aeroporto municipal Comandante Amilton Antônio, mais conhecido como Aeroporto Sant’Ana. No último dia 19 o serviço completou um ano de atuação na cidade de Ponta Grossa. De lá para cá muitos atendimentos foram realizados, entre eles resgates aéreos, transportes de pacientes e de órgãos, socorro em rodovias, transferências de recém-nascidos, entre outros. Nos últimos 365 dias, foram realizados 305 atendimentos em 434:30 horas de voo.

“Um grande avanço para a região. Beneficia tanto Ponta Grossa, como a região dos Campos Gerais. Esta base tem um caráter regional, a importância dela é que a população passa a ter um atendimento qualificado, rápido e muito eficiente para o serviço de emergência, isso faz diferença entre a vida e a morte de pessoas”, ressalta o prefeito Marcelo Rangel.

A base aeromédica de Ponta Grossa esta beneficiando 70 cidades das regiões de Ponta Grossa, Irati, Guarapuava, União da Vitória e Telêmaco Borba. “Poder contar com este trabalho é fantástico, pois potencializa os nossos trabalhos, proporcionando segurança às nossas equipes em terra e integração com outras forças, além de oferecer à população uma sensação muito maior de proteção ”, declara o comandante do BPMOA em Ponta Grossa, Major Pucci.

Entrega de ambulância para Samu
Na ocasião foi entregue uma ambulância que será utilizada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A ambulância teve investimento de recurso Estadual, através de Resolução SESA nº 546/2018 - Incentivo Financeiro de Investimento para Aquisição de Equipamentos de Urgência e Emergência, para a Rede Paraná Urgência. O valor do investimento foi de R$ 300 mil, sendo R$ 172.700,00 da aquisição da ambulância e R$ 127.300,00 de equipamentos. “A novo veículo veio para compor a frota de ambulâncias utilizadas na cidade, substituindo outras usadas. Trabalhar com equipamentos novos traz segurança para a equipe e para a população”, destaca a diretora do Samu, Adriana Pacholok.

EU CONCILIO

EU CONCILIO
Eu Concilio - Mediação e Conciliação

Postagens mais visitadas da semana

CONTATO

E-mail: jornalpontagrossa.com@gmail.com
Cel.: (42) 9.8874-8154

FALE CONOSCO:

Nome

E-mail *

Mensagem *