segunda-feira, 16 de abril de 2018

Coletâneas Princesinas: 16/04/2018

Imagem: reprodução da Página Sociologia Ciência & Vida
Mais uma semana e mais desafios, a cada um de nós enfrentarmos. E assim, vamos sobrevivendo como podemos.


Em minhas Coletâneas Princesinas, gostaria de pensar, alguns aspectos, de nossa amada ou odiada cidade. Por exemplo, a insegurança pública. Parece repetitiva a temática, mas é só chegar o fim de semana, para tudo o que sonhávamos com paz, ir água abaixo, do desespero de inúmeras famílias. Na noite do último domingo, a pizzaria na Anita Garibaldi, sendo atacada pelos marginais de plantão, com funcionárias trancadas no banheiro, objetos e dinheiro surrupiados, e muitas indagações no ar.

Isto, sem falar, em drogas e drogados, plantação de folhinhas do capetinha esverdeado, e até a polêmica marcha da maconha. Agora aproveito, a perguntar a vocês leitores: será, que já não temos desgraças demais, para ainda vermos, tais eventos ocorrendo, bem debaixo do nosso nariz? Vale sempre lembrar, que entre favoráveis e contrários, a tais coisas, eu prefiro pessoas, mais equilibradas e menos viciadas.

E o que dizer então, dos nossos flanelinhas de cada dia, que até Lei foi criada para evitá-los, mas mesmo assim, continuam a incomodar? Talvez, seja tempo de rever alguns destes posicionamentos. Isto, sem falar nas homenagens e títulos retirados, a ex-presidentes encarcerados e outros políticos mais. Que tal, já que desejam homenagear alguém, que pudessem lembrar, de homens e mulheres, que ajudaram a construir Ponta Grossa, em diferentes áreas, e muitas das vezes, viveram e morreram como anônimos?

É apenas, uma sugestão, aos nossos "homens e mulheres do povo". Já que estamos falando de homenagens, gostaria aqui de elogiar, o nosso recém instalado, serviço de atendimento, médico aéreo, pois quantas vidas, já foram cuidadas, com este novo equipamento, que não para um instante sequer, de transportar gente.

Só neste final de semana, tivemos a jovem, a qual teve o seu corpo queimado, quando da tentativa, de acender uma churrasqueira. Lá se foi o helicóptero, rumo a um atendimento de mais qualidade e específico. Também me preocupo, quando vejo equipamentos, aos trancos e barrancos, como a viatura do SAMU e sua porta assassina, machucando uma profissional, a qual foi atingida na cabeça. Desejo uma cidade melhor e mais humana a cada dia, a todos nós. Uma excelente semana e até mais.
Leia mais crônicas em: Coletâneas Princesinas
*As opiniões e declarações expressas aqui não representam a posição do Jornal Ponta Grossa. Reservando apenas a opinião e pontos de vistas individuais do autor.

EU CONCILIO

EU CONCILIO
Eu Concilio - Mediação e Conciliação

Postagem em destaque

Frísia é a 19ª maior organização do Paraná

Foto: divulgação A Frísia conquistou o 19º lugar no ranking das 100 Maiores Empresas do Paraná, realizado pelo Grupo Amanhã com o apo...

Postagens mais visitadas da semana

CONTATO

Telefone: (42) 98874-8154 WhatsApp E-mail: jornalpontagrossa.com@gmail.com