quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Ponta Grossa - Operário inicia parceria com Departamento de Educação Física da UEPG

Professores e estudantes do curso de Bacharelado estão auxiliando nos testes físicos dos atletas
Foto: João Vitor Rezende/RBM Assessoria 
O Operário Ferroviário iniciou parceria com o Departamento de Educação Física da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) visando melhorar o desempenho físico dos atletas. As primeiras avaliações foram realizadas na tarde dessa quarta-feira (29), em conjunto com professores e alunos da instituição.
Foto: João Vitor Rezende/RBM Assessoria 
Os jogadores do Fantasma passaram pelo teste de velocidade, que verifica a potência na execução da atividade e, através de filmagem, também mostra o movimento realizado pelos atletas; e pelo teste anaeróbico, que avalia a potência máxima e o índice de fadiga do jogador, conforme explica o preparador físico do Operário, Eduardo Maus.

“Desde semana passada, estamos executando alguns testes com os jogadores. Aproveitamos o pessoal da UEPG, com o equipamento da fotocélula, para realizar o teste em velocidade e o teste de potência anaeróbica. A partir dos resultados, já conseguimos elaborar o trabalho de cada jogador. Gosto sempre de trabalhar com avaliação e reavaliação de todos os testes possíveis, que vão me ajudar na elaboração dos treinamentos. Então, pelo planejamento, quando voltarmos em janeiro, vamos trabalhar uma semana e reavaliar os atletas”, afirma Maus.

O professor do Departamento de Educação Física da UEPG, Paulo Redkva, reforça que a parceria traz benefícios tanto para o clube alvinegro como para o curso e para os estudantes da instituição.

“Eu e o professor Leandro Vargas estamos à frente deste projeto, representando a UEPG e trazendo alguns alunos que estão se formando em Bacharelado, até para que eles possam ter esse contato com as atividades mais práticas da profissão. Estamos à disposição da comissão técnica do Operário para auxiliar nas avaliações fisiológicas dos jogadores, visando à preparação física eficiente e adequada. Assim, o preparador físico do clube pode orientar ou fazer algum trabalho mais direcionado para cada jogador. Em muitos estudos, vemos que a capacidade apresentada nos testes tem muita relação com o desempenho em jogos, então você faz um protocolo bastante interessante para o jogador e para análise da comissão técnica”. 

Fonte: Operário Ferroviário

EU CONCILIO

EU CONCILIO
Eu Concilio - Mediação e Conciliação

Postagem em destaque

Filosofia de rua – parte 9 por Emerson Pugsley

Foto: divulgação Abrimos as cortinas, para a continuação da série, de pequenas crônicas, sobre o cotidiano da cidade de Ponta Grossa e...

Postagens mais visitadas da semana

CONTATO

E-mail: jornalpontagrossa.com@gmail.com
Cel.: (42) 9.8874-8154

FALE CONOSCO:

Nome

E-mail *

Mensagem *