quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Paraná - Histórias de empreendedoras paranaenses serão reconhecidas no Prêmio Sebrae Mulher de Negócios

Seis paranaenses que transformaram suas vidas e a de pessoas à sua volta, por meio do empreendedorismo, receberão, nesta segunda-feira, dia 25 de setembro, o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios (PSMN). 

A cerimônia da etapa estadual ocorre às 11 horas, no Sebrae/PR, em Curitiba. Nesta 13ª edição, o Prêmio destaca iniciativas femininas em duas categorias: pequenos negócios (proprietárias de micro e pequenas empresas que estejam estabelecidas formalmente há, no mínimo, um ano) e microempreendedora individual (mulheres que trabalhem por conta própria, com faturamento máximo anual de R$ 60 mil, também estabelecidas formalmente há, no mínimo, um ano).

No total, 232 empreendedoras do Paraná se inscreveram na premiação, e 132 enviaram seus relatos – condição necessária para habilitá-las como candidatas ao Prêmio. Coordenador do PSMN no Estado, o consultor do Sebrae/PR Lucas Hahn destaca a importância de reconhecer mulheres que transformaram seus sonhos em realidade e cuja vida é exemplo para tantas outras que sonham ser empreendedoras.

“A participação feminina no empreendedorismo tem um papel social muito forte, mas ainda existe um preconceito instalado. Ao longo desses treze anos do Prêmio, o Sebrae trabalha nesse sentido de fortalecer a igualdade de gênero no aspecto das empresas, destacando histórias de sucesso”, afirma Hahn.

Persistência é a dica para o sucesso, segundo Sirlei Cabral, de Londrina, no norte do Estado. Vencedora Ouro na categoria Microempreendedora Individual, a vida profissional dela deu uma guinada em 2010, quando assumiu a confecção de acessórios de cabelos de sua filha. “As vendas, que eram feitas por uma rede social, foram acumulando, e os pedidos estavam atrasados. Foi então que tive que entrar em cena, mesmo sem saber fazer uma trança, passei a aprender esse novo ofício e a cuidar dos negócios dela, juntamente com a serigrafia”, lembra.

O olhar atento às oportunidades levou Sirlei a criar várias inovações na empresa – como passar a fabricar boinas para venda no inverno, quando caía a procura pelos acessórios de cabelo, e, mais tarde, lenços para mulheres em tratamento de câncer. “Com o passar dos anos, a empresa que funcionava em apenas um cômodo, se estendeu para mais quatro, passou a ter mais maquinários e computadores, fruto de recursos próprios. Contamos com mais de 250 produtos em nossa loja entre turbantes, lenços, boinas e trajes para pajens, que são o carro-chefe”, comemora.

A percepção de uma necessidade pessoal não suprida pelo mercado levou a psicóloga Francielli Scharnovski Gonçalves, de Cascavel, no oeste do Paraná, a apostar em uma ideia inovadora para auxiliar pessoas com dificuldade de emagrecimento, em 2013. “Por anos, sofri com o efeito sanfona, fiquei 20 quilos acima do peso normal, tentei por várias vezes emagrecer sem sucesso. Hoje, na Eu Magro, temos, num único ambiente, profissionais formados em psicologia, educação física, nutrição, enfermagem e estética. Inovamos e nos tornamos o único centro especializado no emagrecimento infantil, de gestantes e da terceira idade no Brasil”, relata.

A ideia deu tão certo que, em três anos, foram 1,5 mil clientes atendidos e mais de 7 mil quilos eliminados. “Fomos de um espaço de 100 m² para 1000 m², após participarmos do Empretec do Sebrae. Em 2016, implementamos um modelo de gestão, descrevemos os processos e nos tornamos franqueadores. Nosso faturamento que, em 2014, era de R$ 550 mil deu um salto para R$ 1,2 milhão, em 2016 quando iniciou a oferta da franquia”, ressalta Francielli.

Avaliação
Entre os critérios de avaliação, estão: Desafios para abrir o empreendimento; Visão de Futuro; Ideias inovadoras e adaptação às novas tendências; Atuação democrática, transparente, inspiradora e motivadora; Participação ativa nos negócios, perseverança e superação dos desafios; Ambiente participativo e agradável para quem trabalha no seu negócio; Estabelecimento de relacionamentos duradouros com os clientes; Preocupação com a preservação do meio ambiente e da cultura da sua região; Estabelecimento de parcerias para o desenvolvimento das atividades; Lições aprendidas (por meio de experimentações, erros cometidos ou compartilhamento de informações); Crescimento dos resultados obtidos; Contribuição para o desenvolvimento de outras empreendedoras.

Realizado desde 2004, o prêmio é desenvolvido pelo Sebrae em parceria com a Secretaria de Política para as Mulheres (SPM), a Federação das Associações de Mulheres de Negócios e Profissionais do Brasil (BPW) e apoio técnico da Fundação Nacional de Qualidade (FNQ). O objetivo é reconhecer mulheres que transformaram sua realidade, por meio do empreendedorismo, e que passam a ser inspiração para futuras empreendedoras.

Confira as vencedoras:
1) Categoria Microempreendedora Individual
Bronze: Kelli Cristina Scherer – Empresa Revista Paz, de Marechal Cândido Rondon
Prata: Enedi do Nascimento Lozeckyi – Empresa Fashion N, de Guarapuava
Ouro: Sirlei Cabral – Empresa Boutique Chique, de Joaquim Távora

2) Categoria Pequenos Negócios
Bronze: Adriana Dias Pontin – Empresa Excelência em Festas, de Londrina
Prata: Michele Bertoletti Rosso – Empresa Vinhos Sanber, de Bituruna
Ouro: Francielli Sharnovski Gonçalves – Empresa Eu Magro – Programa Personalizado, de Cascavel

SEBRAE/PR 45 ANOS
O Sebrae/PR comemora este ano quatro décadas e meia de atuação em defesa dos pequenos negócios. As micro e pequenas empresas representam 98,5% do total de empreendedores no Brasil, respondem por 27% do Produto Interno Bruto (PIB) e geram a maioria empregos no país. No Paraná as micro e pequenas empresas correspondem a 97% das empresas do Estado e geram 90% dos empregos formais, neste momento. Formalização, inovação, redução da burocracia, ampliação do acesso ao crédito, educação empreendedora e melhoria do ambiente legal fazem parte do compromisso do Sebrae/PR com os micro e pequenos negócios.

Fonte: Sebrae/PR

EU CONCILIO

EU CONCILIO
Eu Concilio - Mediação e Conciliação

Postagem em destaque

Filosofia de rua – parte 9 por Emerson Pugsley

Foto: divulgação Abrimos as cortinas, para a continuação da série, de pequenas crônicas, sobre o cotidiano da cidade de Ponta Grossa e...

Postagens mais visitadas da semana

CONTATO

E-mail: jornalpontagrossa.com@gmail.com
Cel.: (42) 9.8874-8154

FALE CONOSCO:

Nome

E-mail *

Mensagem *