quarta-feira, 5 de julho de 2017

Diocese de Ponta Grossa terá novo santuário

A obra da futura capela está com a parte de baixo pronta, no bruto, mas ainda sem acabamento 
Créditos: Reginaldo Ranze /Pascom – Nossa Sra do Carmo
Uma capela-santuário está sendo construída na região do Parque dos Pinheiros, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, na Diocese de Ponta Grossa. Com aproximadamente 25% das obras concluídas, a Capela Nossa do Carmo atenderá os moradores do Parque dos Pinheiros, Veneza e Guarujá, na região do Contorno Leste, e vai se tornar o Santuário de Nossa Senhora do Carmo / Mãe Carmelita / Virgem Maria do Monte Carmelo. Uma Ação entre Amigos está sendo realizada pela comunidade para arrecadar fundos para a construção, onde já foi gasto cerca de R$ 250 mil.

A Ação distribuirá R$ 7 mil, no primeiro prêmio; R$ 2 mil, no segundo, e, R$ 1 mil, ao terceiro ganhador do bingo beneficente, marcado para o dia 16, a partir das 15 horas, na festa de Nossa Senhora do Carmo. Haverá ainda o sorteio de três prêmios extras: um tablet; celular smartphone e uma panela elétrica. As cartelas estão sendo vendidas a R$ 10. “Com o arrecadado na Ação entre Amigos queremos pagar o valor emprestado e dar continuidade à obra”, conta uma das integrantes do comitê organizador, Liriane de Fatima Santos.

Em preparação para a festa, já nesta sexta-feira (7), sempre às 19 horas, acontecem missas e novenas. A primeira será celebrada pelo padre Paulo Odair Welter; dia 8, pelo padre Jaime Rossa; no dia 9, padre Clayton Delinski Ferreira, e, dia 10, Paulo Sérgio Martins, dos Arautos do Evangelho. No dia 11, a celebração ficará por conta do pároco da Nossa Senhora de Fátima, Tadeu Biasio; dia 12, do padre Mário Dwulatka; dia 13, padre Joel Nalepa; no dia 14, dos freis Carmelitas, do bairro Sítio Cercado, de Curitiba e, no dia 15, quem celebra a missa e a novena será o bispo dom Sergio Arthur Braschi. Durante a celebração, haverá benção dos escapulários.
Neste período, acontecerão visitas de missionários Carmelitas às famílias da comunidade.

Santuário
A Capela Nossa Senhora do Carmo será um local de divulgação da devoção do escapulário já que a Virgem, com este título, é conhecida como Mãe do Escapulário desde 16 de julho de 1251, quando, no Convento de Cambridge, o superior da Ordem, São Simão Stock, rezava e pedia um sinal de sua proteção que fosse visível aos seus inimigos. Durante a oração, a Mãe do Carmelo lhe entregou o escapulário com a promessa: ‘recebe, meu filho muito amado, este escapulário de tua Ordem, sinal de meu amor, privilégio para ti e para todos os carmelitas: quem com ele morrer, não se perderá. Eis aqui um sinal de minha aliança, salvação nos perigos”. Após este acontecimento, acrescentaram o escapulário ao hábito e terminou a perseguição que os mouros promoviam contra os cristãos.

O escapulário foi adaptado para uma forma menor para o povo e muitos começaram a usá-lo, como sinal de manifestação de amor de Nossa Senhora e símbolo de vida cristã dedicada a Deus e ao serviço. O coordenador da comunidade Nossa Senhora do Carmo, Reginaldo da Silva Ranze, lembra, inclusive, que a devoção teria sida indicada pelo Papa Pio XII. “O Papa também nos ensinou que o escapulário não é uma carta branca para pecar mas uma lembrança para viver de uma maneira cristã e assim alcançar a graça de uma boa morte”, ressalta.

Fonte: Diocese de Ponta Grossa

EU CONCILIO

EU CONCILIO
Eu Concilio - Mediação, Conciliação e Arbitragem

Postagens mais visitadas da semana

CONTATO

Telefone: (42) 98874-8154 WhatsApp

E-mail: jornalpontagrossa.com@gmail.com

FALE CONOSCO:

Nome

E-mail *

Mensagem *